sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Como consertar uma cadeira de escritório

Muitas cadeiras de escritório tem um cilindro pneumático que permite que os usuário ajustem sua altura através de uma alavanca. Embora essas cadeiras possam suportar muitos anos de ajustes, com o tempo, o cilindro de gás precisa ser substituído. Você mesmo pode reparar sua cadeira em menos de uma hora com apenas algumas ferramentas.


http://www.dimovesc.com.br/conserto-cadeira/conserto-de-cadeiras 

1 : Coloque a cadeira de lado, certifique-se de que o cilindro pneumático esteja completamente estendido.

2 : Remova as pernas / rodas da cadeira. Para isso, remova a presilha de sustentação da base, um pequeno clip metálico, a partir do centro da parte inferior da base das rodas. Remova prendendo com um par de alicates.

3 : Coloque uma chave de cano na estrutura central do cilindro da cadeira, logo abaixo do assento. Fixe a chave ao redor da estrutura e gira e chave com força para trás, fazendo com que o cilindro se solte do assento. Os cilindros de gás são presos no lugar por fricção, e pode ser difícil retirá-los da cadeira.

4 : Espalhe o lubrificante WD-40 em volta da parte superior da barra do cilindro (onde encontra com o assento) caso esteja tendo problemas ao removê-lo da cadeira. Depois que o lubrificante estiver na cadeira por alguns minutos, tente remover o cilindro novamente, usando a mesma chave de cano.

5 : Substitua o cilindro antigo pelo novo, pressionando-o no local de onde retirou o antigo, e então recoloque a base das rodas na cadeira.

6 : Coloque a cadeira em posição correta e sente-se nela com todo o seu peso. Isso fará que com que o cilindro fique firme no local, trazendo então uma vida nova para sua velha cadeira.

Os componentes de cadeira de escritório giratória podem ser encontrados  em http://www.lojadimovesc.com.br

Dicas práticas para organizar o quarto das crianças

Dicas práticas para organizar o quarto das crianças
   
Cansou da bagunça no quarto das crianças? De não encontrar as coisas? De tropeçar em brinquedos e roupa suja? Embora a tarefa de manter o quarto das crianças organizado pareça quase impossível, algumas ideias podem ajudar a economizar espaço e deixar tudo em ordem – até mesmo quando os amiguinhos aparecem para dormir na sua casa.

O maior problema no cantinho dos pequenos é sem dúvida o local para guardar os brinquedos. Ao mesmo tempo em que é necessário tê-los à mão, para que a criança possa se divertir, é preciso manter o mínimo de arrumação. Para esta questão, a melhor saída é a utilização de nichos, caixas e baús, deixando apenas os brinquedos preferido e de uso frequente à mostra.

Quando o assunto é o piso, os especialistas indicam o de madeira e, para tornar o local mais aconchegante, é possível investir em um tapete antialérgico. Ambos facilitam a limpeza e deixam o quarto confortável. Outra boa alternativa é o material vinílico, uma manta fácil de colocar e tirar, ou o aviflex, um material emborrachado.

Outra recomendação é investir em móveis multiuso, como cama que tenham gavetas ou baús na parte de baixo, e escrivaninhas com rodas. De uma forma geral, peças que possam ser utilizadas para mais de uma finalidade.

Para guardar as roupas, gaveteiros com frente em acrílico facilitam na hora de a criança diferenciar cada roupa. No caso dos armários, é importante escolher um modelo que possa ser utilizado por alguns anos, sem muitos detalhes, ou alguns que possam ser retirados facilmente quando o dono do quarto crescer.

Outra boa dica quando o filho passa para a fase escolar é pensar em um canto para estudos. As escrivaninhas devem ser adaptadas ao tamanho da criança e ter gavetas e compartimentos para guardar todas as suas coisas.

Não se esqueça que este ambiente deve ter uma boa iluminação, com cadeira confortável, nichos projetados na bancada para organizar o material escolar e prateleiras sobre a mesa, para acomodar livros e cadernos.

(Fonte: http://www.dimovesc.com.br/noticia/2014/abril/dicas-praticas-para-organizar-o-quarto-das-criancas

Carona no registro de precos conforme Decreto 7.892/2013


Carona no registro de precos conforme Decreto 7.892/2013

Carona no registro de precos conforme Decreto 7.892/2013
   
O Sistema de Registro de Preços é um procedimento especial de licitação em que se realiza a seleção da proposta mais vantajosa para a Administração na aquisição de bens e serviços, formando-se um cadastro para eventual e futura contratação pela Administração. Trata-se de um procedimento que oferece condições similares às praticadas no setor privado para compras, não deixando de lado os preceitos aplicáveis à Administração Pública, notadamente no que toca a realização de licitação, visto que se exige a realização de licitação na modalidade concorrência ou pregão.

O instituto foi previsto no art. 15, inciso II da Lei 8.666/93, havendo inúmeras vantagens na sua utilização, como a possibilidade de fracionamento das aquisições, a padronização dos preços, a redução de volume de estoques a desnecessidade de dotação orçamentária, a redução dos gastos e simplificação administrativa, a rapidez na contratação e otimização dos gastos públicos, atualidade dos preços dentre outras.

Foi previsto nos decretos que regulamentam o Sistema de Registro de Preços a possibilidade de a proposta mais vantajosa numa licitação ser aproveitada por outros órgãos e entidades não participantes. Esse procedimento de adesão ficou conhecido como “carona”.

Muitas críticas existem quanto ao procedimento do carona, no entanto, se deve levar em conta que o procedimento do “carona” sendo utilizado de forma correta pode trazer inúmeros benefícios para a Administração Pública, não havendo ofensa aos princípios elencados por aqueles que combatem tal forma de contratação.

A adoção do procedimento do “carona” nos limites impostos pelo Decreto 7.892/2013 não configura nova hipótese de dispensa de licitação, na medida em que foi realizado procedimento licitatório anteriormente pelo órgão gerenciador, ficando apenas a contratação para ser realizada em momento posterior, quando houvesse necessidade da aquisição dos produtos ou serviços pela administração.

Com a edição do novo decreto regulamentador do Sistema de Registro de Preços (Dec 7.892/2013), o problema dos limites combatido pelo Tribunal de Contas da União parece ter sido solucionado, com a imposição do limite do quíntuplo do quantitativo de cada item registrado na ata de registro de preços (art. 22, §4º).

"§ 4º  O instrumento convocatório deverá prever que o quantitativo decorrente das adesões à ata de registro de preços não poderá exceder, na totalidade, ao quíntuplo do quantitativo de cada item registrado na ata de registro de preços para o órgão gerenciador e órgãos participantes, independente do número de órgãos não participantes que aderirem. "

Portanto, a utilização do Sistema de Registro de Preços importa uma série de vantagens para a Administração Pública e a possibilidade do “carona” é uma forma inteligente e vantajosa para ser utilizada pelos entes públicos, desde que o façam nos limites previstos pelo Decreto 7.892/2013, que se mostram compatíveis e razoáveis.

Voce Pregoeiro , ou participante da comissão de licitação, pode verificar as atas para carona no registro de preço
Participados pela empresa FAMOVESC IND E COM DE MOVEIS E ESTOFADOS LTDA, com o CNPJ 81.828.659/0001-32 . Cada ata apresentará a data do do pregão e sua validade, que poderá ser baixada em arquivo pdf .

Inadequação de vestiários e refeitorios pode render multas aos condomínios

Inadequação de vestiários e refeitorios pode render multas aos condomínios
No caso do refeitório, a legislação prevê alternativas para grande parte desses prédios, ao definir que empregadores com menos de 30 funcionários podem, observadas algumas condições, dispensar a construção do ambiente. Além disso, existe a opção do fornecimento do vale-refeição, obrigatório em São Paulo desde janeiro último, por força da Convenção Coletiva dos trabalhadores em condomínios.
Já o vestiário, como espaço exclusivo, é obrigatório a utilização de roupeiro para vestiario. A exigência também se aplica aos condomínios que recebem equipe de limpeza terceirizada, explica Viviane de Jesus Forte, chefe de Segurança e Saúde no Trabalho, da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo (SRTE).
A fiscalização é mais intensa junto às atividades que resultam em maiores riscos de óbitos, doenças e acidentes - como a construção civil, mas os edifícios residenciais não estão dispensados dessas visitas, e a desatenção com a Norma pode custar caro. O valor da multa varia de acordo com as irregularidades encontradas (falta de armário individual e banco no vestiário, por exemplo), além do número de empregados e eventual reincidência no erro, entre outros critérios.
Em valores aproximados, um vestiário com cerca de quatro itens em desacordo com a NR 24 resultará em multa de R$ 2,5 mil. No entanto, se igual número de itens estiver entre os que a fiscalização classifica como de valor máximo, o montante poderá chegar a R$ 24 mil, compara Viviane. Ela explica que os cálculos, complexos, se apoiam na NR 28, complementada por outras leis e normas do Ministério. E que a visita do auditor da SRTE, espontânea ou motivada por denúncia, desencadeará, certamente, uma vistoria completa sobre o cumprimento da legislação. Refeitório e vestiário são apenas dois dos alvos.
Em relação ao refeitório, é importante observar que até 300 funcionários o espaço não é obrigatório, mas se o empregado levar marmita, ele terá que ter ambiente específico para as refeições, com piso lavável; limpeza, arejamento e boa iluminação; mesas e assentos suficientes; lavatórios e pias no local ou nas proximidades; água potável; e condições para o aquecimento da comida.
Quanto ao vestiário, a NR determina espaço com metragem mínima de 1,5m² por funcionário, com paredes, piso, cobertura e ventilação, além de banco, armários individuais e respeito à separação de sexos.
Fonte: http://www.dimovesc.com.br/noticia/2014/agosto/inadequacao-de-vestiarios-e-refeitorios-pode-render-multas-aos-condominios

Loja online de moveis para escolas e escritorio

quarta-feira, 5 de junho de 2013

A escolha do mobiliario escolar


A questão do mobiliário escolar não deve ser  tratada fora de um contexto amplo do aprendizado e da educação .
Muito embora o design  dos móveis escolares tenha particularidades técnicas e critérios específicos, é fundamental que o assunto esteja sempre inserido num âmbito maior. É preciso entender e analisar as mais diversas questões do meio educacional para estabelecer as relações do mobiliário com os critérios pedagógicos, ergonômicos e tecnológicos .
O mobiliário escolar é um elemento de apoio ao processo de ensino. O conforto físico e Psicológico do aluno vão influenciar no rendimento da aprendizagem de forma direta .
O mobiliário escolar, juntamente com outros fatores físicos, é notadamente um elemento da sala de aula que influi circunstancialmente no desempenho, segurança e conforto. O mobiliário, em função dos requisitos da tarefa, determina a configuração postural dos usuários e define os esforços, dispêndios.
Frente ao mobiliário escolar, a postura de quem compra deve ser mais exigente, se comparada à aquisição de um objeto pessoal. Quando compramos algo para uso próprio, para nossa casa ou família, nos preocupamos sempre com o binômio qualidade-preço. Este mobiliário requer um nível de qualidade técnica maior, pois seu uso é intenso e impessoal.
Dentro do critério geral de relacionamento de dimensões entre mesas e cadeiras, a principal relação a ser observada é entre a altura da superfície da mesa e a altura da superfície de assento.
A dimensão mínima dos tampos de mesas deve ser considerado:
a. o alcance dinâmico dos usuários;
b. o espaço necessário para as tarefas a serem
realizadas, incluindo o material;
c. o espaço físico em que se insere o mobiliário;
d. o dimensionamento da matéria prima.
As mesas devem permitir agrupamento, dentro de critérios pedagógicos contemporâneos, que
preveem a mobilidade dentro das salas de aula. Consequentemente, as dimensões dos tampos
dos diversos padrões devem ser idênticas.
A seguir podemos apresentar alguns modelos :
Conjunto Sextava com mesa sextava + 6 cadeiras infantil Cadeiras Medindo : Assento 0,39 x 0,38 cm .Encosto: 0,39 x 0,23 cm . Altura do chão ao assento : 33 cm. Altura total Cadeira Infantil : 66 cm . Recomendamos o modelo infantil para crianças até 6 anos
Carteira Escolar Infantil.Mesa medindo: altura 57 cm x 45 cm largura x 35 x profundidade

Cadeira Escolar Infantil em polipropileno . Estrutura de aço , tubo 3/4.Medindo : Assento 0,39 x 0,38 cm .Encosto: 0,39 x 0,23 cm . Altura do chão ao assento : 33 cm. Altura total Cadeira Infantil : 66 cm . Recomendamos o modelo infantil para crianças até 6 anos
Conjunto escolar composto de 1 carteira confeccionadas em tubo industria 7/8 l, solda eletrônica MIG. Tratamento anti-ferruginoso. Pintura Epóxi pó. Carteira medindo 72 cm de altura x 0,60 cm de largura x 40 de profundidade Tampo em ABS. Cadeira medindo : Assento 40 L x 38 P . Encosto : 40 L x 19 P . Altura cadeira : 42cm do chão ao assento , 72 cm do chão ao fim do encosto . Cores disponível , verde , bege , Azul
Conjunto escolar com carteira e cadeira em PP, cores disponíveis: azul, bege e verde. Carteira medindo 72 cm de altura x 0,60 cm de largura x 40 de profundidade. Cadeira medindo : Assento 40 L x 38 P . Encosto : 40 L x 19 P Altura : 42cm do chão ao assento , 72 cm do chão ao fim do encosto .

Conjunto escolar composto de 01 Carteira e 01 Cadeira, confeccionadas em tubo industrial. Solda eletrônica MIG. Tratamento anti-ferruginoso. Pintura Epóxi-Pó. Sendo: CARTEIRA em tubo industrial 20x40mm (Parede 1,5). Tampo em compensado multilaminado (560x420x20mm) revestido em fórmica, com bordas arredondadas. Fixado na estrutura através de parafusos auto-atarrachantes. Gradil para livros em aço maciço 1/4". CADEIRA confeccionada em tubo industrial 7/8" (Parede 1,5). Assento (400x380x10mm) e Encosto (400x180x10mm) em compensado multilaminado, envernizados na cor natural e rebitados na estrutura através de 08 rebites de alumínio. 

Fonte : http://www.dimovesc.com.br/noticia/2013/junho/como-escolher-moveis-para-escolas

domingo, 2 de junho de 2013

Como limpar cadeira de Escritorio


Com o propósito de Aumentar a vida útil da cadeira de escritorio, veja abaixo algumas dicas e recomendações para a manutenção:
Você notará que a maioria dos problemas poderá ser resolvido apenas utilizando um pano, água e sabão neutro. Vejamos a seguir:
- Cadeira Presidente com Revestimento em couro
Para uma limpeza normal, Limpar suavemente, com pano branco e macio, umedecido com água. Secar em seguida.

Manutenção Periódica: Aplicar silicone (sem álcool) ou cera incolor com o pano branco e macio, em movimentos suaves e circulares, tomando o cuidado de espalhar o produto uniformemente por toda a área, apenas umedece-lo, sem encharcar. Deixe o produto ser completamente absorvido pelo couro (de preferência deixe de um dia pro outro), antes de voltar a utilizar. Caso tenha ocorrido excesso na aplicação, retire-o com um pano branco e absorvente que não solte pelos.
 - Cadeira Giratória com Revestimento em tecido
Para limpeza normal, aspirar o local em baixa rotação ou usar uma escova de cerdas macias, uma a duas vezes por semana. Não utilizar produtos químicos, principalmente os que contenham cloro, alvejantes ou amoníaco, pois poderão manchar o tecido. Também não é recomendada a limpeza a vapor, pois este estará sujeito a causar mofo.
Derramamentos e Sujeiras Acidentais em cadeira fixa em tecido : Retirar suavemente com o pano limpo, esponja ou papel absorvente, o mais breve possível. Abaixo seguem orientações de limpeza para cada tipo de mancha. É possível salientar, que tais sugestões vêm no intuito de tentar minimizar o problema, pois o sucesso na eliminação da mancha poderá ser maior ou menor dependendo da substância a ser removida.
Derramamento Aquoso e/ou Oleoso: Remover sem comprimir o tecido, com lenço de papel ou pano branco e absorvente;
Derramamento Pastoso ou Sólido: Remover primeiramente o excesso com uma espátula plástica e depois limpar com um pano ou papel absorvente.
Manchas de Difícil Remoção em cadeira revestida em poliéster : Para manchas de difícil remoção ou que já tenham penetrado no tecido, devem ser seguidos os passos abaixo.
Nota: Antes de efetuar os procedimentos de limpeza, teste a solução em um trecho não visível do tecido para verificar se não ocorrerá nenhuma alteração.
1.   Retirar o excesso com um papel ou um pano branco e absorvente, ou ainda, uma espátula plástica. Aplicar um pouco de detergente neutro, diluido em água, na área manchada e esfregar suavemente com o pano branco ou esponja macia até a completa remoção;
2.   Caso a mancha não seja totalmente removida, utilize uma solução de vinagre e água na proporção de 1 para 1 seguindo as orientações do passo 1
3.   Caso persista, adicione detergente neutro a solução de água e vinagre seguindo as orientações do passo 1;
- Cadeira Plástica Iso
Limpeza: Lavar com água e sabão neutro ou limpar com uma esponja ou pano macio.
Não utilizar produtos químicos ou abrasivos a fim de não arranhar o produto e principalmente alvejantes ou produtos a base de Cloro, para não ressecar o material.

- Peças para cadeira de Escritório Cromadas (base e braços)
Passar pano umedecido em água e sabão neutro. Enxugar com tecido absorvente. Não utilize produtos abrasivos, nem esponjas de aço.

 Manutenção Preventiva: Aplicar cera automotiva ou vaselina líquida, uma vez por semana, para proteger o acabamento.
 
Não Utilizar: Esponjas ou objetos ásperos/abrasivos, álcool e produtos químicos a base de solventes, pois poderão causar danos ao produto. Cuidados Especiais: As peças com acabamento cromado são mais sensíveis às variações climáticas. Em locais sujeitos à ação da maresia é recomendado usar em locais climatizados. Jamais utilizar peças em metal, cromadas  em áreas externas, como varandas ou coberturas. Caso seja necessário troca de tecido na cadeira de escritório . Prestamos serviço de manutenção , troca de componentes, rodizio , Pistão mola a gas para cadeira giratoria , mecanismo para fixação do ascento ao encosto da cadeira .

Fonte:http://www.dimovesc.com.br/noticia/2013/maio/como-limpar-cadeira-de-escritorio

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Conhecendo os modelos de cadeira para escritorio


Cadeiras de Escritório tornou-se, nos dias de hoje, um bem essencial para o dia a dia da maior parte das pessoas. Com a utilização intensiva dos computadores e com o aumento da quantidade de horas que são passadas na navegação de internet, seja por motivos relacionados com trabalho, lazer ou mesmo para confraternização nas famosas redes sociais.
As Cadeiras de Escritório de hoje são companheiros da geração web 2.0, que dispende grande parte das suas atividades em cima de uma delas. O mais importante é garantir que uma posição de trabalho ergonómica é respeitada e que no longo prazo os problemas com a coluna sejam minimizados.
Existem vários tipos de cadeiras e nomes específicos :
Cadeira Secretaria :
Cadeira secretária é a cadeira mais simples com preço sempre menos, com o custo beneficio baixo , levando em consideração sua ergonomia e conforto . Geralmente estas cadeiras são utilizadas pelas secretarias, por isto esse nome.
Cadeiras de Escritório Executivas
As cadeiras executivas como o próprio nome indica, são idealizadas com o objectivo de satisfazer os executivos das empresas. Executivos que pelo seu status social e hierarquia na empresa , gostam de diferenciar com uma cadeira de maior qualidade. Apesar de muitas vezes esta categoria ser associada a executivos, a procura deste tipo de cadeiras é cada vez maior. Inclusive para uso de secretarias , dado sua grande importância dentro da empresa .
Cadeiras de Escritório Diretor
As cadeiras Diretor , são habitualmente classificadas desta forma, porque foram desenvolvidas para um maior conforto , geralmente utilizadas pelos diretores da empresa. O preço está sempre direcionado a qualidade da cadeira. Normalmente estas cadeira com espaldar alto , tem um mecanismo chamado relax, na qual o usuário pode relaxar , elevando o corpo para trás , podendo ate descansar com os pês para cima se for Necessario .
As cadeiras de escritório para visitante, ou longarinas ,  são habitualmente de pés fixos e com o objetivo de receber convidados, que estarão a utilizar a cadeira menos do que 30 minutos . Normalmente com 3, 4 ou 5 lugares . Apesar de cada usuário permanecer pouco tempo sentado, em locais de muita rotatividade é necessária uma cadeira de espera modelo executiva , para que não venha a ter problemas com o mau uso .
Cadeiras Presidente
As cadeiras de escritório presidente , como o próprio nome já diz , são cadeiras para os presidentes da empresa , normalmente são mais as mais caras . elas possuem regulagem de altura com mola a gás , regulagem de altura e inclinação do encosto , regulagem lombar , regulagem de encosto de cabeça , Sistema relax , para relaxamento durante o período de trabalho , Existem vários modelos , porem, a que tem um maior custo beneficio é a Cadeira Presidente New Ergon
Fonte:
http://www.dimovesc.com.br/noticia/2013/maio/conhecendo-os-modelos-de-cadeira-para-escritorio
 

quinta-feira, 21 de março de 2013

O Comércio Eletrônico nos Dispositivos Móveis

De todos os tipos de dispositivos móveis com acesso à internet, os telefones celulares são os mais simples, seguidos pelos smartphones e, mais recentemente, pelos tablets (como os populares iPads, por exemplo), sendo estes últimos os mais empregados atualmente em m-Commerce.

As estimativas de crescimento do m-Commerce ainda são muito variáveis e conflitantes, onde os mais importantes eventos do setor de comércio eletrônico prevêem movimentações em mobile commerce para o ano de 2015 que vão de US$ 119 bilhões a US$ 670 bilhões a US$ 1,4 trilhão. Acredita-se que os consumidores móveis devem totalizar 2,5 bilhões em 2015 em todo o mundo. Para 2020, estima-se que já sejam 50 bilhões de devices conectados.


A Ponte Que Conecta Canais


Um consumidor não raciocina com o “canal” de vendas, mas ele usa o terminal que lhe convém, do modo como precisa e disponível onde ele esteja localizado. O desafio é segui-lo através de todos esses canais, propondo-lhe ofertas consistentes, de acordo com a história de sua carreira. Os dispositivos móveis servem de ponte a conectar esses canais, além de poderem reproduzir todo o processo de compra de uma loja on-line: 

Compre mobilidade: resposta rápida a uma necessidade (por exemplo, bilhetes de cinema) ou uma compra por impulso;
Navegação do catálogo; Envio de ofertas especiais, alertas, entregas etc.;
Geração de código de barras: bilhetes ou cupons;
Localização do ponto de venda, baseados em localização (por exemplo, restaurantes);
Uso da câmara: realidade aumentada, leitura de código 2D (códigos de publicidade promocional ou link para um artigo), identificação dos produtos;
Desmaterialização (substituição) do cartão de fidelidade. 
A dimovesc antecipando-se ao mercado lançou a loja mobile commerce para venda de moveis escolar e corporativo .
Ao acessar o site dimovesc pelo celular voce sera direcionado a versão mobile .

Fonte: http://www.dimovesc.com.br/noticia/2013/marco/o-comercio-eletronico-nos-dispositivos-moveis

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Moveis Escolar antigo 1908 - Do clássico ao moderno


Os moveis Escolares já eram fabricados no brasil em 1908 , como prova a foto a baixo .
Os antigos móveis escolares de madeira tinham um charme à parte. Clássico , Robusto, eram tão resistentes que foram usados por sucessivas gerações de estudantes .
Anúncio de móveis escolares, datado de 1916,São Paulo,SP.

Na maioria das compras nesta época ,os moveis eram importados dos Estados Unidos, que chegavam a Santa Catarina, trazendo requinte e sofisticação.Nas exposições universais, percebeu-se que elas mostravam, pelos países em que passavam,muitos modelos e especificações de mobília para as escolas, fato que se traduziu em significativas mudanças no cenário das salas de aula. As mudanças e permanências na cultura do material escolar ao longo do tempo mostraram que, as carteiras escolares são objetos que caracterizam a sala de aula e que, organizadas de diversas formas, otimizaram o espaço e se espraiaram para além dos muros da escolas.
Carteira escolar datada de 1930
Fonte: www.crmariocovas.sp.gov.br

Com os problemas ambientais de desmatamento e mudanças nas leis da educação. Os moveis sofreram grandes mudanças .
É quase desnecessário lembrar que os atuais móveis escolares, sendo mais anatômicos e até mais higiênicos em polipropileno e Aço, Substituem os clássicos moveis escolares para  beneficio do discente . 

Conjunto escolar composto de 1 carteira confeccionadas em tubo industria 7/8 l, solda eletrônica MIG. Tratamento anti-ferruginoso. Pintura Epóxi pó. Carteira medindo 72 cm de altura x 0,60 cm de largura x 40 de profundidade Tampo em ABS. Cadeira medindo : Assento 40 L x 38 P . Encosto : 40 L x 19 P . Altura cadeira : 42cm do chão ao assento , 72 cm do chão ao fim do encosto . Cores disponível , verde , bege , Azul .

Conjunto escolar com carteira e cadeira em PP, cores disponíveis: azul, bege e verde. Carteira medindo 72 cm de altura x 0,60 cm de largura x 40 de profundidade. Cadeira medindo : Assento 40 L x 38 P . Encosto : 40 L x 19 P Altura : 42cm do chão ao assento , 72 cm do chão ao fim do encosto .


Compre Moveis Escolar Online em :
 http://www.lojadimovesc.com.br/?18,moveis-escolar.html